João Domingues: “Sinto que tive o jogo na mão e o deixei fugir”

0

ESTORIL – Recebido na sala de imprensa com um forte aplauso, João Domingues reagiu à derrota frente a Kevin Anderson. O português, que fez uma caminhada exemplar na edição de 2017 do Millennium Estoril Open, afirmou que estava satisfeito com o encontro realizado, mas acreditava que podia ter feito mais, não deixando de agradecer ao público presente no court por terem ficado para o ver jogar.

O apoio de todas as pessoas que estiveram [a apoiar-me]foi fundamental. Foi uma força extra, houve momentos em que estava mesmo muito cansado e todas as pessoas que me estavam a apoiar puxaram-me para cima. Sinto que este torneio está a ser ótimo para mim e que estou a jogar bem”, disse sobre a plateia que assistiu ao seu jogo.

“Foi sem dúvida um bom jogo, mas sinto que houve certos momentos do jogo em que não estive tão bem. Saio do jogo com sabor agridoce. Sinto que tive o jogo na mão e o deixei fugir. Quando é assim é difícil, mas faz parte, também já tive em situações opostas, de estar a perder e depois ganhar. Faz parte, tenho de aceitar com tranquilidade, pois o desporto é assim mesmo e agora é pensar no próximo objetivo”, declarou o tenista natural de Oliveira de Azeméis.

Por fim, houve tempo para uma dedicação à família, em especial aos pais, que o estiveram a apoiar durante todo o encontro. Quando lhe foi pedido que escolhesse uma palavra que definisse o que sente pela sua família, o português escolheu: “Gratidão. Sem eles não estaria aqui, nem seria a pessoa que sou. Foram eles que acreditaram e me apoiaram desde o primeiro minuto, desde a primeira decisão. Sem eles não estaria aqui”, disse o número quatro nacional.

About Author

A tirar a licenciatura em Turismo na Universidade Europeia, desde cedo se interessou pelo ténis. Começou aos 9 e desde então tem um olhar atento e constante de tudo o que se passa naquela que considera ser a melhor modalidade a todos os níveis.

Leave A Reply

Licença Creative Commons
O conteúdo produzido pelo Ténis Portugal não pode ser modificado sem autorização por parte do responsável do projeto; para efeitos de divulgação, reprodução e utilização não comercial, requer-se a referência ao Ténis Portugal. Licença Creative Commons Attribution - Non Commercial - No Derivatives - 4.0 International.