Janko Tipsarevic impera em território chinês

0

Depois de no passado mês de janeiro, em Banguecoque, ter juntado de uma assentada dois torneios “challenger” ao seu palmarés, Janko Tipsarevic (71.º) repetiu a dose nas duas últimas semanas, novamente no segundo escalão do ténis mundial, mas agora em solo chinês: primeiro em Qingdao, depois em Anning.

Este domingo, no último encontro da competição de 150 mil dólares em prémios monetários, o sérvio de 32 anos alcançou a sua décima vitória consecutiva, que lhe permitiu simultaneamente conquistar o 15.º título da carreira em torneios daquele escalão (quarto em 2017). O triunfo foi averbado diante do jovem francês Quentin Halys (129.º), antigo vice-campeão de pares (ao lado de Frederico Silva) do Open dos Estados Unidos em juniores, com os parciais de 6-7(5) 6-3 e 6-4.

Na atualização de “rankings” prevista para esta segunda-feira, Tipsarevic irá ver o seu nome bem perto do top-60 mundial, ele que em tempos chegou a figurar na elite dos melhores tenistas do mundo. É expectável que o antigo número 8 ATP continue a competir em solo asiático nas próximas semanas, procurando assim regressar a posições do “ranking” mais condizentes com o seu real valor. O sérvio afirmou recentemente que tem como objetivo terminar a época nos primeiros 30 classificados da hierarquia.

Leia também:

About Author

Licenciado em Sociologia e Mestre em Comunicação, Cultura e Tecnologias de Informação pelo ISCTE. Considera-se um privilegiado por viver numa das melhores eras da história da modalidade.