Fred Gil e Felipe Cunha e Silva “dão a cambalhota” no marcador e fecham Cascais NextGen Tour com título em pares

0

CARCAVELOS – Está concluída mais uma final de pares do Cascais NextGen Tour, esta à partida com a garantia de que pelo menos um tenista português levaria para casa o troféu de campeão. Acabou por ser não um, mas sim dois, com Fred Gil e Felipe Cunha e Silva a derrotarem Frederico Silva e David Vega Hernandez por 4-6, 6-3 e [10-7] na tarde deste sábado.

Primeiros candidatos à conquista do título, o português e o espanhol foram os primeiros a garantir uma quebra de serviço (logo ao 2-2) e mantiveram a solidez nos seus jogos de serviço para dificultarem a tarefa à dupla 100% portuguesa, que se viu forçada a correr atrás do marcador em todo o primeiro set.

Mas a história do segundo parcial foi diferente e, com bastante público nas bancadas do Carcavelos Ténis, o palco da derradeira etapa do circuito de torneios Future criado pela 3Love, a entidade que promove o Millennium Estoril Open, Gil e Cunha e Silva começaram a construir a reviravolta. Com jogos mais prolongados e cada vez mais deuces, os dois portugueses acabaram por encontrar forma de contrariar o jogo de Frederico Silva e Vega Hernandez, conquistando a segunda parceria para adiarem a decisão para o match tiebreak, mas não sem antes terem de salvar pontos de break.

Chegado o “momento de todas as decisões”, Gil e Cunha e Silva conseguiram manter a eficácia registada no segundo set para levarem a melhor neste “tiebreak” à melhor de 10 pontos e conquistarem o seu primeiro título do ano enquanto dupla e quarto no cômputo geral (no ano passado, venceram três torneios em conjunto).

Leia também:

About Author

Gaspar Ribeiro Lança

[email protected] | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tiebreak. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. Mais, sempre mais. Foi com o objectivo de fazer chegar este capítulo do desporto a mais adeptos que fundei o Ténis Portugal em 2010. Cinco anos depois, fui convidado a ser co-responsável pela redação dos conteúdos do website, newsletter e redes sociais do Millennium Estoril Open.