Fred Gil e Felipe Cunha e Silva contentes com “parceria de sucesso” e “uma semana que é sempre especial”

0

CARCAVELOSFred Gil e Felipe Cunha e Silva encerraram da melhor forma a participação no Cascais NextGen Tour, ao conquistarem o título de pares no Future de Carcavelos frente a Frederico Silva e David Vega Hernandez, numa final que colocou frente a frente as principais duplas candidatas ao título.

Em declarações ao Ténis Portugal no final do encontro, Fred Gil considerou que os dois fizeram “um excelente trabalho” e que “ganhar é sempre bom. Jogar ao lado do Felipe é muito bom e acho que ainda podemos completar imenso o nosso jogo de pares. Temos trabalhado nisso com o João, o pai do Felipe, e o meu treinador, o Figueiredo, e se tudo correr bem ainda vamos ficar a jogar melhor.”

Satisfeito com o resultado do encontro, que deu a Gil e Cunha e Silva o quarto título enquanto parceria, o jogador sintrense deixou elogios ao “ambiente muito bom” que o público criou ao aderir ao fim de semana de finais, colocando agora os olhos no Future de 25.000 dólares que disputará na próxima semana em Itália.

Já Felipe Cunha e Silva, que ergueu o terceiro troféu de campeão do ano em pares, falou de “uma semana que é sempre especial por ganhar em casa” e de “uma parceria de sucesso. Gosto sempre muito de jogar com o Fred, que é uma pessoa que cresci a ver jogar e que continuo a admirar por tudo o que faz, e fico sempre satisfeito que vou jogar mais uma semana com ele. Aqui tivemos a oportunidade de ganhar mais um torneio juntos e é sempre muito especial, ainda para mais por ser em casa.”

Com uma espécie de “mini pré-época” prevista, o jogador da Cunha e Silva Tennis Academy viajará, depois, para a Tunísia, onde voltará a participar em torneios Future.

Leia também:

About Author

Gaspar Ribeiro Lança

[email protected] | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tiebreak. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. Mais, sempre mais. Foi com o objectivo de fazer chegar este capítulo do desporto a mais adeptos que fundei o Ténis Portugal em 2010. Cinco anos depois, fui convidado a ser co-responsável pela redação dos conteúdos do website, newsletter e redes sociais do Millennium Estoril Open.