Carcavelos. João Domingues resiste a batalha rumo às “meias”

0

Ele está (quase) imparável. Vice-campeão dos Futures de 15.000 dólares do Lisboa Racket Centre e do Clube de Ténis do Porto, João Domingues voltou a dar esta sexta-feira um passo importante rumo a mais uma final, ao selar o apuramento para as meias-finais do Future de 15.000 dólares de Carcavelos.

Com o wild card para a fase de qualificação do Millennium Estoril Open 2017 já garantido, o jovem oliveirense de 23 anos de idade, terceiro pré-designado e número 271 ATP, teve de recuperar de uma desvantagem de um set a zero para ultrapassar o espanhol David Vega Hernandez (697.º) com os parciais de 6-7(8), 6-0 e 6-4 ao cabo de três horas e quatro minutos(!) de contenda.

Com vista o acesso à sua sexta(!) final do ano, o quarto atleta luso melhor cotado no ranking atualmente enfrentará agora o espanhol Marc Giner, quinto favorito e 341.º ATP (já foi top-250 mundial).

Pedro Sousa desistiu antes dos quartos de final

Várias horas antes de entrar em ação para o seu duelo dos quartos de final diante do francês Maxime Chazal, sétimo cabeça de série e número 389 mundial, Pedro Sousa, que defendia o estatuto de primeiro favorito da prova cascalense e ocupa esta semana o 214.º posto do ranking individual, deu walkover, ficando assim automaticamente afastado do Future de 15.000 dólares de Carcavelos.

Leia também:

About Author

Natural da Ilha do Pico, Açores. Estudante do 2.º ano do curso de Direito da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Amante da modalidade desde a adolescência.