Monte Carlo perde Murray e Wawrinka no espaço de poucas horas

0

Não está a ser um dia feliz para os principais candidatos ao título no ATP Masters 1000 de Monte Carlo. Só nas primeiras 4h30 da jornada desta quinta-feira, Andy Murray e Stan Wawrinka — dois dos grandes nomes do circuito masculino — foram eliminados, deixando o torneio monegasco na terceira eliminatória.

Primeiro cabeça de série do torneio fruto do estatuto de número 1 mundial, Andy Murray até entrou bem no encontro frente a Albert Ramos-Vinolas, mas o espanhol viria a recuperar e provar que tem mais do que uma vida para levar a melhor sobre o britânico por 2-6, 6-2 e 7-5 num encontro em que até esteve a perder por 0-4 no último set.

Stan Wawrinka, que ao contrário do britânico sabe o que é vencer o título em Monte Carlo, onde em 2014 derrotou Roger Federer na final, não conseguiu inscrever o nome no marcador no que a partidas diz respeito, perdendo em parciais, diretos, por 6-4 e 6-4, para o uruguaio Pablo Cuevas. O número 27 do mundo está assim apurado para os quartos de final de um Masters 1000 pela segunda vez na carreira, depois de já este ano ter atingido a mesma fase em Indian Wells.

Seguem-se os encontros de Rafael Nadal e Novak Djokovic…

Leia também:

About Author

Gaspar Ribeiro Lança

[email protected] | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tiebreak. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. Mais, sempre mais. Foi com o objectivo de fazer chegar este capítulo do desporto a mais adeptos que fundei o Ténis Portugal em 2010. Cinco anos depois, fui convidado a ser co-responsável pela redação dos conteúdos do website, newsletter e redes sociais do Millennium Estoril Open.