Johanna Konta aproxima-se das cinco primeiras; Venus Williams de novo no top-10

0

Quinze dias intensos de ténis se viveram no Miami Open, torneio de onde Johanna Konta saiu campeã, mas a britânica não saiu apenas campeã, saiu também com a sua melhor classificação de carreira. Segunda-feira é dia de atualização das classificações, e tal não acontecia há duas semanas.

O grande destaque da atualização do ranking WTA desta segunda-feira é Johanna Konta, que ao conquistar o troféu de campeã em Miami, subiu até ao 7.º posto da hierarquia feminina. Bem acompanhada está a britânica com o regresso de Venus Williams ao top-10, depois de ceder nas meias-finais do tão importante torneio de Miami. A norte-americana está no 10.º lugar.

Um pouco mais abaixo na tabela, mas também muito bem classificada, está Caroline Wozniacki, que cedeu na final do mesmo torneio perante Johanna Konta. A antiga líder do ranking WTA está na 12.ª posição. Mirjana Lucic-Baroni subiu seis posições e fixou-se no 23.º lugar – um recorde pessoal.

(1) Angelique Kerber, 7340 pontos
(2) Serena Williams, 7010
(3) Karolina Plisková, 6020
(4) Dominika Cibulkova, 5245
(5) Simona Halep, 5022
(6) Garbiñe Muguruza, 4790
(7) Johanna Konta, 4330
(8) Agnieszka Radwanska, 4290
(9) Svetlana Kuznetsova, 4025
(10) Venus Williams, 3865
(…)
12. (14) Caroline Wozniacki, 3810
23. (29) Mirjana Lucic-Baroni, 1794

Portuguesas:
Entre as portuguesas, Michelle Larcher de Brito, Inês Murta e Cláudia Cianci registaram subidas, enquanto Maria João Koehler e Inês Mesquita perderam lugares no ranking mundial feminino. A tenista portuguesa com melhor classificação no ranking WTA está na 233.ª posição, ao passo que Inês Murta, segunda melhor tenista nacional, está no 570.º posto.

233. (238) Michelle Larcher de Brito, 206 pontos
570. (581) Inês Murta, 47
765. (763) Maria João Koehler, 21
1141. (1138) Inês Mesquita, 5
1157. (1160) Cláudia Cianci, 5

Leia também:

About Author

Pedro Cunha

O ténis apareceu na minha vida como apenas mais um desporto mas rapidamente o cheiro das bolas e o pó cor de laranja da terra batida onde pratico tornaram a minha vida melhor. Desde o som das pancadas, ao simples abrir de uma lata nova de bolas, tudo neste desporto tem encanto.