Armindo Mirante: “Cascais NextGen Tour começou com uma semana fantástica”

0

LISBOA – Chegou ao fim a primeira de quatro semanas do Cascais NextGen Tour. Ao Ténis Portugal, Armindo Mirante, o diretor do circuito criado pela 3Love e que entrega ao melhor português no conjunto dos 4 Futures um wild card para o Millennium Estoril Open, disse estar “muito satisfeito com uma primeira semana fantástica.”

“Foi uma grande primeira semana, em que tivemos muito bom ténis e muita gente. No sábado tivemos umas meias-finais fantásticas e já com bastante gente. O Lisboa Racket Centre fez um torneio de jovens que trouxe bastante gente e que curiosamente coincidiu com uma das etapas dos interclubes, portanto criou-se aqui um ambiente muito interessante para as meias-finais, com jovens de várias idades e muito e bom ténis”, começou por dizer Armindo Mirante.

Ainda em declarações ao Ténis Portugal depois da final de singulares que colocou frente a frente João Domingues e Hubert Hurkacz, o diretor do Cascais NextGen Tour relembrou que “temos promovido o Millennium Estoril Open de várias formas, entre as quais a oferecer bilhetes para as finais do Cascais NextGen Tour, o que fez com que as pessoas viessem ao clube e trocassem esse bilhete por um para o Millennium Estoril Open. Foi uma ação bem conseguida e hoje tivemos cerca de 500 pessoas a ver uma final de um torneio Future.”

A terminar, Armindo Mirante reforçou a importância “dos clubes fazerem ações de fim de semana para termos pessoas a assistirem às meias-finais e finais”, salientando que “a organização está a fazer ações todos os fins de semana”, inclusive neste que hoje terminou, através de uma banca no Mercado de Cascais, para o Dia ernacional da Atividade Física, depois de ontem, sábado, ter estado em Setúbal. “O Cascais NextGen Tour é um projeto do futuro e já chegámos a cerca de 8.000 crianças.”

Leia também:

About Author

Gaspar Ribeiro Lança

[email protected] | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tiebreak. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. Mais, sempre mais. Foi com o objectivo de fazer chegar este capítulo do desporto a mais adeptos que fundei o Ténis Portugal em 2010. Cinco anos depois, fui convidado a ser co-responsável pela redação dos conteúdos do website, newsletter e redes sociais do Millennium Estoril Open.