Qualifying do Bom Sucesso Ladies Open conta com 7 portuguesas na segunda ronda

0

ÓBIDOS – Está concluído o primeiro de dezasseis dias consecutivos de ténis internacional na Bom Sucesso Tennis Academy, com sete tenistas portuguesas a avançarem para a segunda ronda do qualifying do Bom Sucesso Ladies Open 1.

As primeiras jogadoras portuguesas a seguirem em frente foram Marta Magalhães e Cláudia Cianci. No Court 3, Magalhães derrotou Nicole Bunea por 6-2 e 6-3, enquanto no Court 4, praticamente ao mesmo tempo, Cianci se desenvencilhou de Lucia Cortez Llorca (tenista espanhola) com 6-2 e 6-2.

Numa jornada ensolarada e com vários encontros com tenistas portuguesas agendados, seguiram ainda em frente outras quatro jogadoras: Maria Ribeiro derrotou a brasileira Vivian Mayumi Toma por 6-1 e 6-2, Maria Inês Fonte (6-7[5], 6-3 e 4-1 perante Rita Pinto), Ana Filipa Santos (1-6, 6-3 e 6-0 perante Beatriz Abreu), Cláudia Gaspar (7-5, 5-7 e 6-4 a Isabel Iglesias Prieto) e Ema Gil Pires, que no último encontro do dia levou a melhor sobre Rebeca Silva por 6-3 e 6-2.

Nos outros encontros do dia com jogadoras portuguesas envolvidas, Elizabet Hamaliy derrotou Leonor Oliveira por 6-2 e 6-4, Anastasiia Homutova venceu Sara Lança por 6-1 e 6-0, Olivia Nicholis impôs-se frente a Sara Neto por 6-0 e 6-0 e Svetlana Iansitova derrotou Carolina Likhatcheva, parciais de 6-3 e 7-6(3).

Com a primeira ronda da fase de qualificação concluída, este domingo será dia dos quatro campos de relva sintética da Bom Sucesso Tennis Academy, no Bom Sucesso Resort, receberem a segunda ronda, com a terceira e derradeira (que apura oito jogadoras para o quadro principal) a jogar-se já na segunda-feira.

Consulte o quadro atualizado:

Bom Sucesso Ladies Open Qualifying Dia 1

Leia também:

About Author

Gaspar Ribeiro Lança

[email protected] | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tiebreak. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. Mais, sempre mais. Foi com o objectivo de fazer chegar este capítulo do desporto a mais adeptos que fundei o Ténis Portugal em 2010. Cinco anos depois, fui convidado a ser co-responsável pela redação dos conteúdos do website, newsletter e redes sociais do Millennium Estoril Open.