Mladenovic ‘dispara’ contra Garcia: “A aventura é mais bonita com pessoas que não são egoístas”

0

Muita polémica após a eliminação da França aos pés da seleção da Suíça na Fed Cup. Tudo começou com a abstinência de Caroline Garcia, número um francesa e 25 mundial de representar a seleção gaulesa na maior competição de nações do mundo em 2017, sendo alvo de duras críticas pelas suas companheiras, e em especial Kiki Mladenovic, com quem costuma fazer pares no circuito WTA e na equipa francesa.

“Existem raparigas como a Amandie (Hesse, número 210 mundial e que jogou ao seu lado o jogo de pares) que respeitam a sua camisola e que têm valores. A aventura é mais bonita com pessoas que estão dispostas a morrer em court e que não são tão egoístas. Prefiro uma derrota com um grupo justo e que tenha valores”, disparou a número dois gaulesa, que em 2016 conquistou 4 títulos de pares com Garcia, entre eles Roland Garros, além de uma final no US Open.

Também Pauline Parmentier, chamada à última hora para render a número 1 francesa não ficou satisfeita com a recusa de Garcia vestir a cores francesas na Fed Cup“Tivemos uma baixa importante (Garcia). Quando vejo o que ela é capaz de fazer pela equipa, lamento claramente a sua ausência. Se entendo a sua decisão? Não necessariamente”.

Recorde-se que a França atingiu a final da Fed Cup na temporada passada, cedendo apenas para a República Checa, sendo que este domingo acabou eliminada pela Suíça por 4-1 na eliminatória inaugural.

 

Leia também:

About Author

A tirar a licenciatura em Turismo na Universidade Europeia, desde cedo se interessou pelo ténis. Começou aos 9 e desde então tem um olhar atento e constante de tudo o que se passa naquela que considera ser a melhor modalidade a todos os níveis.