Alexander Zverev mais perto do top-15; Richard Gasquet nos vinte primeiros

0

Na semana que passou disputaram-se os torneios de Quito, SofiaMontpellier, todos eles de categoria ATP 250, o que originou um elevado número de pontos para distribuir no ranking.

A ascensão de Roger Federer ao nono lugar do ranking, em detrimento da descida de Gael Monfils ao décimo posto, foi a única alteração dentro do lote dos dez melhores classificados do ranking masculino. Quanto aos restantes, destaque para Alexander Zverev, que venceu o torneio Open Sud de France, logrando uma subida de 3 lugares até ao 18.º posto, o seu melhor de sempre. Grigor Dimitrov, vencedor em Sofia, subiu uma posição, ao passo que Richard Gasquet, tal como Zverev, subiu 3 postos. Paolo Lorenzi, finalista em Quito, está na 37.ª posição, enquanto o jogador que o venceu na final desse torneio, Victor Estrella Burgos, está na 93.ª, depois de uma subida 63 lugares.

  1. (1) Andy Murray, 11540 pontos
  2. (2) Novak Djokovic, 9825
  3. (3) Stan Wawrinka, 5695
  4. (4) Milos Raonic, 4930
  5. (5) Kei Nishikori, 4625
  6. (6) Rafael Nadal, 4295
  7. (7) Marin Cilic, 3470
  8. (8) Dominic Thiem, 3405
  9. (10) Roger Federer 3260
  10. (9) Gael Monfils, 3145

(…)

12. (13) Grigor Dimitrov, 2925
18. (21) Alexander Zverev, 1895
19. (22) Richard Gasquet, 1875
93. (156) Victor Estrella Burgos, 604

 

Portugueses:

Nenhum dos portugueses dentro dos 200 primeiros esteve em competição esta semana, mas mesmo assim houve algumas mudanças nas classificações. João Sousa mantém-se no 41.º posto. Gastão Elias, que viu serem-lhe descontados os pontos referentes ao torneio de Buenos Aires da temporada passada, desceu 6 lugares na tabela hierárquica masculina. Pedro Sousa perdeu duas posições e está em 191.º lugar.

41. (41) João Sousa, 1055 pontos
79. (73) Gastão Elias, 661
191. (189) Pedro Sousa, 290
293. (291) João Domingues, 171
361. (362) Frederico Silva, 127
426. (423) Fred Gil, 97
429. (425) Gonçalo Oliveira, 96
574. (556) André Gaspar Murta, 55
577. (584) João Monteiro, 54

About Author

O ténis apareceu na minha vida como apenas mais um desporto mas rapidamente o cheiro das bolas e o pó cor de laranja da terra batida onde pratico tornaram a minha vida melhor. Desde o som das pancadas, ao simples abrir de uma lata nova de bolas, tudo neste desporto tem encanto.

Leave A Reply

Licença Creative Commons
O conteúdo produzido pelo Ténis Portugal não pode ser modificado sem autorização por parte do responsável do projeto; para efeitos de divulgação, reprodução e utilização não comercial, requer-se a referência ao Ténis Portugal. Licença Creative Commons Attribution - Non Commercial - No Derivatives - 4.0 International.