[Inclui fotografias] Guilherme Sérgio e Francisca Jorge são os campeões do Masters ATL Pro Tour 2016

0

LISBOA – Chegou esta quinta-feira ao fim a edição de 2016 do Masters ATL Pro Tour, com Guilherme Sérgio e Francisca Jorge a saírem do Centro de Ténis de Monsanto com os troféus de campeões dos quadros masculino e feminino da última etapa do circuito organizado pela Associação de Ténis de Lisboa.

Campeã nacional em título nos escalões de sub 16 e sub 18, Francisca Jorge começou bem mas acabou por encontrar em Elizabet Hamaliy, a campeã regional de Lisboa, uma adversária difícil de bater, precisando de três parciais para levar a melhor sobre a primeira cabeça de série da prova.

Se o primeiro set ficou marcado pela maior inconsistência do jogo de Hamaliy, pautado pela agressividade, no segundo a história inverteu-se, com a jogadora da Felner Academy a conseguir contrariar o jogo da número um nacional de júniores para igualar a contenda. Já no terceiro e decisivo parcial, Francisca Jorge, do Clube de Ténis de Guimarães, recuperou a concentração e entrou decidida a virar novamente o encontro a seu favor, aproveitando as oportunidades de que dispôs para recuperar a vantagem e vencer com os parciais de 6-2, 2-6 e 6-3.

Na final masculina, estavam frente a frente Daniel Batista, da Beloura Tennis Academy e responsável pela eliminação do primeiro cabeça de série, Gonçalo Pereira, e Guilherme Sérgio, que na segunda ronda tinha deixado pelo caminho Miguel Deus, o segundo candidato ao título. Num encontro que já se esperava equilibrado, foi Guilherme Sérgio, da Escola de Ténis José Mário Silva, quem entrou mais agressivo e a conseguir controlar a contenda do fundo do court.

O jovem de 17 anos comandou grande parte das trocas de bolas e acabou por sair premiado com a conquista do primeiro parcial, mas viu Batista recuperar de um break de desvantagem para vencer oito jogos consecutivos, chegando mesmo ao 2-0 no set final. Equilibrado é a palavra que melhor define o derradeiro parcial, em que os dois jogadores alternaram na conquista de jogos até chegarem ao tie-break, que premiou o jogador mais agressivo ao longo do encontro — a vitória sorriu, então, a Guilherme Sérgio por 6-3, 1-6 e 7-6(4).

Clique na fotografia para visualizar a galeria da final feminina: 

Masters ATL Pro Tour 2016 - Final feminina | 29-12-2016

Leia também:

About Author

Gaspar Ribeiro Lança

[email protected] | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tiebreak. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. Mais, sempre mais. Foi com o objectivo de fazer chegar este capítulo do desporto a mais adeptos que fundei o Ténis Portugal em 2010. Cinco anos depois, fui convidado a ser co-responsável pela redação dos conteúdos do website, newsletter e redes sociais do Millennium Estoril Open.