Madison Keys precisa de tempo para recuperar de cirurgia e não vai a Melbourne

0

Num só dia, numa só mensagem, boas e más notícias por parte de Madison Keys. Através de uma mensagem publicada na rede social Twitter, a número 8 do Mundo anunciou que voltará a trabalhar com Lindsay Davenport, mas a temporada de 2017 só começará depois do Australian Open, dado “precisar de mais tempo para recuperar”.

Cerca de um ano depois de anunciar o término da relação profissional com a ex-tenista e número 1 mundial por querer um treinador “com a possibilidade de estar mais vezes presente”, a jovem norte-americana de 21 anos disse estar “muito ensutiasmada por voltar a trabalhar com a Lindsay outra vez, depois de ela me ter ajudado muito a conseguir bons resultados.”

Numa nota extensa, Keys explicou ainda as razões pelas quais terá de falhar o Australian Open, torneio onde em 2015 atingiu as meias-finais (a sua melhor prestação em Majors até à data): “Três dias depois do WTA Finals, submeti-me a uma cirurgia no meu pulso esquerdo. Não foi demorada nem envolveu problemas nos tendões, tendo corrido muito bem. Apesar de já estar a treinar com a Lindsay e a USTA em Orlando há algumas semanas, não quero acelerar o processo de recuperação e preciso de tempo para estar pronta para me exibir ao meu melhor nível.”

About Author

[email protected] | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tiebreak. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. Mais, sempre mais. Foi com o objectivo de fazer chegar este capítulo do desporto a mais adeptos que fundei o Ténis Portugal em 2010. Cinco anos depois, fui convidado a ser co-responsável pela redação dos conteúdos do website, newsletter e redes sociais do Millennium Estoril Open.

Leave A Reply

Licença Creative Commons
O conteúdo produzido pelo Ténis Portugal não pode ser modificado sem autorização por parte do responsável do projeto; para efeitos de divulgação, reprodução e utilização não comercial, requer-se a referência ao Ténis Portugal. Licença Creative Commons Attribution - Non Commercial - No Derivatives - 4.0 International.