Cláudia Gaspar e Daniel Batista são os campeões do Torneio de Encerramento 2016

0

LISBOA – Cláudia Gaspar e Daniel Batista sagraram-se este domingo campeões do Torneio de Encerramento ATL / Veolia 2016, que colocou um ponto final na “fase regular” do Pro Tour, conjunto de provas organizadas pela Associação de Ténis de Lisboa. Entre os próximos dias 26 e 29 de dezembro, também no Centro de Ténis de Monsanto, será realizado o Masters.

Primeira cabeça de série da prova e segunda classificada na hierarquia nacional, Cláudia Gaspar confirmou o favoritismo dando poucas hipóteses a Elizabet Hamaliy, a campeã regional de Lisboa, que não conseguiu contrariar o jogo da tenista de Leiria e a viu sair do Court Central com uma vitória pelos parciais de 6-0 e 6-1.

O derradeiro encontro do quadro feminino foi, aliás, reflexo de toda a caminhada de Cláudia Gaspar rumo à vitória: nos três encontros disputados, cedeu apenas um jogo, precisamente no duelo deste domingo.

No quadro masculino, Daniel Batista, da Beloura Tennis Academy, começou o dia a vencer Miguel Deus, o segundo candidato ao título, por 6-2 e 6-3, enquanto Francisco Faria ultrapassava um equilibrado encontro frente a José Campos, o primeiro pré-designado, por 7-6(2) e 6-3.

Na decisão, Batista somou mais uma vitória em duas partidas (a quinta), agora por parciais de 6-3 e 7-5, para ficar com o troféu, deixando Faria, do Sport Club do Porto, com o vice-campeonato.

Entre os dias 26 e 29 de dezembro, terá lugar nos mesmos campos de terra batida do Centro de Ténis de Monsanto o Masters, torneio que reunirá, em singulares femininos e masculinos, os 16 melhores atletas da temporada nos sete torneios Pro Tour que foram realizados em 2016.

Quadros atualizados com todos os resultados:

Utilize a seta da esquerda para navegar na galeria de fotografias deste domingo, dia 11 de dezembro de 2016:

Leia também:

About Author

Gaspar Ribeiro Lança

[email protected] | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tiebreak. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. Mais, sempre mais. Foi com o objectivo de fazer chegar este capítulo do desporto a mais adeptos que fundei o Ténis Portugal em 2010. Cinco anos depois, fui convidado a ser co-responsável pela redação dos conteúdos do website, newsletter e redes sociais do Millennium Estoril Open.