Equipa feminina portuguesa apura-se para a fase final do World Padel Championships

0

A equipa feminina portuguesa que está em prova no World Padel Championships (o Campeonato do Mundo de Padel) apurou-se para a fase final depois de ontem bater o Paraguai por 2-1. Já a equipa masculina, ainda venceu o encontro da manhã, mas no encontro decisivo frente ao Brasil acabou por sair derrotada.

A manhã começou até da melhor forma, com a equipa masculina a vencer a Alemanha por contundentes 3-0 com as vitórias de Miguel Oliveira e Tiago Santos frente a Daniel Lingen e Darek Nowicki por 6-2 e 6-0. No encontro que acabou por selar a vitória portuguesa, Diogo Rocha e Vasco Pascoal venceram Justus Herbert e André Mordhorst por 6-3 e 6-1, enquanto a última dupla portuguesa a entrar em campo, constituída por Francisco Neves e João Bastos, venceu Fabian Schmidt e Torsten Greif por 6-1 e 6-2.

Da parte da tarde, no encontro que decidia a equipa que passava à fase final atrás da Espanha, Portugal cedeu frente ao “país-irmão”, Brasil por 2-1. O Brasil adiantou-se logo para 2-0, selando o encontro, com as vitórias de Francisco Gomes e Lucas Cunha frente a Diogo Rocha e Vasco Pascoal por 6-3 e 6-1 e com a de Julio Julianoti e Lucas Campagnolo frente a Francisco Neves e Diogo Schaefer por duplo 6-0. No terceiro jogo do encontro, Miguel Oliveira e Vasco Pascoal beneficiaram da desistência de Lucas Bergamini e Stefano Flores, quando o marcador se registava em 6-2 4-3 a favor da equipa brasileira.

A equipa masculina vai agora disputar o quadro que vai apurar do 9º ao 16º classificado, defrontando na ronda inaugural o México.

Equipa feminina defronta a poderosa Espanha

A equipa feminina de Portugal venceu o Paraguai logo pela manhã por 2-1, conquistando um lugar na fase final depois do Brasil ter vencido o Paraguai da parte da tarde. No par inaugural, Kátia Rodrigues e Sofia Araújo venceram Jesica Morales e Lorena Riquelme por 6-2 e 6-1. De seguida, Filipa Mendonça e Marina Afonso selaram a vitória no encontro, ao derrotarem Laura Calderini e Lorena Dietzie por 6/2 e 6/1. No terceiro jogo da manhã, Diana Silva e Catarina Almeida cederam frente a Liz Doldan e Andrea Pereira por 6/4, 4/6 e 6/4, mas já sem implicações na vitória portuguesa.

Portugal vai agora defrontar a poderosa Espanha, considerada uma das grandes favoritas à vitória deste campeonato do mundo.

No final do dia, o seleccionador Juan Rodriguez admitiu que o Brasil está muito forte esta temporada, dizendo no entanto que “o mundial ainda não terminou” com a equipa portuguesa a lutar agora pelo melhor resultado possível. Quanto à vertente feminina, Rodriguez sabe que o encontro é muito difícil mas diz que “é o prémio merecido para estas jogadoras e o importante agora é desfrutarem do encontro”.

About Author

Colaborador desde 2014. Praticou ténis durante mais de dez anos e é o vice-presidente do clube de ténis da sua terra natal, Almeirim, tendo já colaborado com várias publicações da modalidade.

Leave A Reply

Licença Creative Commons
O conteúdo produzido pelo Ténis Portugal não pode ser modificado sem autorização por parte do responsável do projeto; para efeitos de divulgação, reprodução e utilização não comercial, requer-se a referência ao Ténis Portugal. Licença Creative Commons Attribution - Non Commercial - No Derivatives - 4.0 International.