Maria João Koehler sagra-se campeã nacional absoluta pela sexta vez

0

BELOURA – 2009, 2010, 2011, 2012, 2013 e, agora, 2016. Três anos depois, Maria João Koehler volta a sagrar-se campeã nacional absoluta de ténis, ao derrotar Rita Vilaça (6-0 e 6-4) numa final entre duas tenistas canhotas — a primeira de cinco decisões agendadas para este sábado na Beloura Tennis Academy.

Primeira cabeça de série de uma competição que tão bem conhece, a tenista portuense de 23 anos disputava a segunda final em duas semanas — terminou como vice-campeã do ITF de Ponta Delgada — e conseguiu entrar bem no encontro para ganhar uma vantagem confortável que conseguiu gerir ao longo dos cerca de 70 minutos da final, estando sempre por cima do marcador.

Depois de um primeiro set de sentido único em que Koehler não cedeu um único jogo, Rita Vilaça reagiu e conseguiu inscrever o nome no marcador logo ao primeiro jogo do parcial, que evoluiu de forma bem mais equilibrada do que o primeiro, chegando a registar-se um 4-4 (Vilaça venceu três jogos consecutivos). No entanto, na fase decisiva a ex-número 102 do Mundo voltou a estar por cima e conseguiu o break que selou o triunfo.

Com a quarta vitória em quatro encontros disputados esta semana na Beloura Tennis Academy, Maria João Koehler (jogadora da Cunha e Silva Tennis Academy) sagra-se campeã nacional absoluta pela sexta vez na carreira, sucedendo assim a Bárbara Luz Medeiros, que venceu a última edição da prova disputada no CIF, em Lisboa.

Leia também:

About Author

Gaspar Ribeiro Lança

[email protected] | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tiebreak. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. Mais, sempre mais. Foi com o objectivo de fazer chegar este capítulo do desporto a mais adeptos que fundei o Ténis Portugal em 2010. Cinco anos depois, fui convidado a ser co-responsável pela redação dos conteúdos do website, newsletter e redes sociais do Millennium Estoril Open.