Francisco Cabral: “Cometi erros que não devia ter cometido”

0

Depois de se ter tornado vice-campeão nacional absoluto pela segunda vez consecutiva, após perder na final para o primeiro cabeça de série João Monteiro, Francisco Cabral esteve à conversa com o Ténis Portugal, onde fez a análise ao encontro.

“Senti que hoje não estive à altura. Em determinados momentos cometi demasiados erros que não devia ter cometido e ele ai foi mais sólido e mais consistente. Penso que foi ai que se deveu a diferença nos parciais”, analisou, afirmando que já conhecia bastante bem o seu adversário e que não existem finais iguais.

“Cada jogo é um jogo, e ainda por cima as finais são todas diferentes. Já sabia para o que vinha, conhecia o João há já bastante tempo, apesar de ter ido para os EUA, já tive algumas oportunidades de treinar com ele, sabia que ele era um jogador bastante consistente”, concluiu.

Leia também:

About Author

A tirar a licenciatura em Turismo na Universidade Europeia, desde cedo se interessou pelo ténis. Começou aos 9 e desde então tem um olhar atento e constante de tudo o que se passa naquela que considera ser a melhor modalidade a todos os níveis.