Três jogadores portugueses avançam para a final de pares do Open de São Domingos

0

LISBOA – É uma boa notícia para o Open de São Domingos: a variante de pares terá, pelo menos, um jogador português a levantar o troféu de campeão. A proeza ficou confirmada com as vitórias de Nuno Deus/João Domingues e Fred Gil/Catalin Gard nas meias-finais, que serão seguidas da grande decisão ainda esta sexta-feira.

A defender o estatuto de primeiros cabeças de série e recentemente campeões do Future do Lisboa Racket Centre, também em Lisboa, Nuno Deus e João Domingues tiveram honras honras de Court Central e não precisaram de muito tempo em campo (58 minutos) para derrotarem os australianos Aaron Addison e Daniel Hobart, com parciais de 6-3 e 6-3, num encontro em que a dupla portuguesa salvou todos os sete(!) pontos de break que enfrentou.

Na segunda e última meia-final de pares, disputada em simultâneo, Fred Gil e o norte-americano Catalin Gard saíram por cima de um duelo protagonizado por três tenistas portugueses ao derrotarem Francisco Cabral e Felipe Cunha e Silva (que no último fim-de-semana tinham sido finalistas no Future de Setúbal), terceiros pré-designados, com 6-1 e 7-6(7), ao fim de 1 hora e 19 minutos de jogo.

Resolvidos os encontros da penúltima fase, a final de pares do Open de São Domingos ficou assim definida, opondo Nuno Deus & João Domingues a Fred Gil & Catalin Gard. O confronto, que inicialmente estava agendado para sábado mas foi antecipado devido às condições atmosféricas que se esperam para o primeiro dia do fim-de-semana, será disputado ainda esta sexta-feira, nunca antes das 16h30.

About Author

[email protected] | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tiebreak. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. Mais, sempre mais. Foi com o objectivo de fazer chegar este capítulo do desporto a mais adeptos que fundei o Ténis Portugal em 2010. Cinco anos depois, fui convidado a ser co-responsável pela redação dos conteúdos do website, newsletter e redes sociais do Millennium Estoril Open.

Leave A Reply

Licença Creative Commons
O conteúdo produzido pelo Ténis Portugal não pode ser modificado sem autorização por parte do responsável do projeto; para efeitos de divulgação, reprodução e utilização não comercial, requer-se a referência ao Ténis Portugal. Licença Creative Commons Attribution - Non Commercial - No Derivatives - 4.0 International.