O técnico português que segue Carreño Busta de perto

0

Miguel Fragoso (na imagem à direita) é treinador na Academia Juan Carlos Ferrero e esta semana tem estado a acompanhar o finalista do Millennium Estoril Open, Pablo Carreño Busta. Em conversa com o Ténis Portugal disse não ficar surpreendido com o resultado do espanhol e falou sobre o seu trabalho na academia do ex-número 1 mundial.

Nascido em Torres Novas, Miguel Fragoso entrou na Equilite Juan Carlos Ferrero Sports Academy pela primeira vez em 2010, repetindo nos anos seguintes os programas de Verão até que em Abril de 2014 fez um estágio de maior duração, entrando definitivamente nos quadros da academia em Junho desse mesmo ano.

Actualmente, o técnico português lidera a vertente feminina da academia, preparando e conduzindo os treinos das atletas em formação, desde os escalões mais baixos até à entrada na categoria sénior. Miguel Fragoso mostra-se bastante satisfeito com a aposta de “trabalhar numa das maiores academias do mundo”, apesar de ser um trabalho “bastante duro”, mas acrescentando que “todos os dias se trabalha com vontade”.

O jovem treinador português elogia o “trabalho muito profissional que é feito desde a base até ao topo”, tendo neste momento sete tenistas a seu cargo, com o auxílio de um outro técnico.

Quanto à fantástica semana de Pablo Carreño Busta em Portugal, Miguel Fragoso diz estar feliz por poder fazer parte da experiência, apesar de não integrar a equipa técnica do tenista espanhol, ainda que tenha estado a trabalhar com Carreno Busta durante esta semana por ser um torneio disputado em Portugal.

Miguel Fragoso deixa fortes elogios ao técnico do jogador espanhol, Sérgio Lopez, que treinou também Nicolas Almagro até ao final de 2015 e diz que os resultados do tenista espanhol “não surpreendem e são fruto de um trabalho que está a ser feito e que está a ter agora visibilidade”.

O técnico luso diz que Pablo Carreño Busta é um tenista “muito trabalhador e muito humilde” e que esta “está a ser uma semana fantástica”, adiantando ainda que “este ano não lhe escapa de certeza um título ATP”.

Leia também:

About Author

Colaborador desde 2014. Praticou ténis durante mais de dez anos e é o vice-presidente do clube de ténis da sua terra natal, Almeirim, tendo já colaborado com várias publicações da modalidade.