A alta-costura de Roland Garros

0

A Semana da Moda de Paris é um dos eventos mais aguardados e mais prestigiados do género. Durante cinco dias, a capital francesa é o palco dos desfiles da mais exclusiva alta-costura, e reúne estilistas e modelos de peso como Donatella Versace ou a portuguesa Sara Sampaio.

Mas Paris, capital mundial da moda, tem muito mais para oferecer do que a sua semana da moda. Roland Garros, o Grand Slam parisiense, é um dos torneios mais conhecidos e não é só pelos atletas que enchem os courts, mas igualmente pelos outfits que passeiam pelo recinto. Este ano foi a Adidas quem deu o “pontapé de saída” e abriu as hostilidades da competição fashionística, perdão, tenística.

A marca que patrocina jogadores como Tomas Berdych, Jo-Wilfried Tsonga, Ana Ivanovic, Caroline Wozniacki ou Kristina Mladenovic, resolveu apostar num outfit… com padrão zebra. O resultado é, no mínimo, surpreendente.

Contudo, para Tomas Berdych, a vestir Adidas depois do fim do seu acordo com a H&M, esta não será a primeira vez que usará um outfit “questionável”. Desde que trocou a Nike pela H&M, em 2013, que Berdych passou a ser (re)conhecido pela parceria “arrojada” com a marca sueca: riscas, xadrezes e até estampados florais – o checo já vestiu de tudo um pouco. Há looks que ficarão para sempre na memória pelos piores motivos, e o do checo no Australian Open de 2014 é um deles.

Mas voltemos às mulheres. Se a Adidas optou pelo padrão zebra, e Stella McCartney volta a desiludir, desta vez com um vestido “aborrecido” em tons pastel, já a Nike teria preparado um vestido preto com pregas para Maria Sharapova, entretanto suspensa preventivamente após um controlo anti-doping positivo. A marca norte-americana, que desde 2004 patrocina a russa, tem uma colecção cujo desenho das peças passa pelas mãos da antiga número um mundial e, pese embora o anúncio da suspensão da sua relação com Maria Sharapova, não vai deixar o vestido guardado no armário.

Com um ponto de interrogação em torno da russa, as atenções da Nike voltam-se para Serena Williams e Victoria Azarenka. A a norte-americana usará um vestido azul que mescla o clássico e o moderno, enquanto a bielorussa optou por deixar os calções de lado e enveredar pela saia.

E nos homens, depois dos famosos – e famigerados – calções de Stanislas Wawrinka, quem irá chamar mais à atenção este ano?

Leia também:

About Author

Natural do Porto. Formada em Biologia pela Faculdade de Ciências da Universidade do Porto e atualmente a tirar o doutoramento em Ecologia Florestal na Universidade Católica de Leuven, na Bélgica. Entusiasta de ténis a tempo inteiro.