O ano da confirmação do João

0

No ano de 2015 escrevi [ver aqui e aqui]que o João Sousa, fruto dos resultados que vem realizando, está a cimentar um trajeto que fará parte das mais brilhantes páginas da história do ténis português. Acredito, sinceramente, que tem reais possibilidades para integrar os vinte primeiros jogadores do ranking mundial. Já o disse faz uns anos.

Será 2016 o ano da confirmação do João ao mais alto nível? Se vai ser ou não, não sei. Não tenho dotes de Zandinga ou do Mestre Bambo. Agora que tem tudo para ser, isso não tenho dúvidas. Com o conhecimento adquirido pelo João e pelo treinador [Frederico Marques] ao longo destes anos no circuito, a todos os níveis – calendarização da época e acertada escolha dos torneios ao longo da mesma, os mais variados complexos desportivos e diferenças entre os respetivos courts, os adversários e as suas manias, os hotéis em que ficar, entre outros – e pelo facto de estar na máxima força que a idade lhe permite (faz 27 anos em março) tendo pela frente, no mínimo, uns bons 3-4 anos ao mais alto nível, 2016 tem tudo para ser um ano excepcional.

Atrevo-me a acreditar que 2016 é o ano em que o João vai fazer parte dos vinte melhores o mundo. Digo atrevo-me porque não conheço o dia a dia do João. Não sei como treina, quando treina, o que treina, com quem treina, com que objetivos gerais e específicos.

Do que sim tenho a certeza é que o João só atingiu o que já atingiu porque antes houve quem também tivesse trilhado um caminho semelhante, devidamente contextualizado com a realidade da época de então (desde os materiais utilizados aos métodos de treino, da alimentação ao acompanhamento profissional, da variedade de torneios ao enquadramento cultural na sociedade). E é por isso, é devido a todos esses factores devidamente contextualizados que pode conseguir ainda mais: o top 20! Depois vê-se…

About Author

Ricardo Cayolla foi jogador profissional de ténis. Atualmente é responsável pela Cayolla academia de ténis. É comentador convidado de ténis no Eurosport e autor de cinco livros de ténis. Doutorado em Marketing e Estratégia, é Professor na Universidade de Aveiro.

Leave A Reply

Licença Creative Commons
O conteúdo produzido pelo Ténis Portugal não pode ser modificado sem autorização por parte do responsável do projeto; para efeitos de divulgação, reprodução e utilização não comercial, requer-se a referência ao Ténis Portugal. Licença Creative Commons Attribution - Non Commercial - No Derivatives - 4.0 International.