Antuérpia e Los Cabos serão as novas paragens do circuito ATP

0

Sol de pouca dura. Depois do anúncio da organização do Valencia Open, também o torneio ATP 250 de Bogotá deverá ter visto na edição de 2015 a última do evento integrado no calendário do circuito profissional masculino. Ao que tudo indica, na próxima época os novos palcos serão Antuérpia, na Bélgica, e Cabo San Lucas, no México.

De acordo com o que é avançado esta quarta-feira pelo jornal Marca e que vai de encontro aos rumores que surgiram logo após o anúncio feito em Valência, o torneio espanhol que em 2015 desceu da categoria de ATP 500 a 250 — e que conta com o nome de João Sousa na última linha de campeões — deverá mudar-se para Antuérpia, na Bélgica, cidade que este ano voltou a contar com um torneio feminino.

Já o torneio de Bogotá, na Colômbia, que contou com apenas duas edições (Bernard Tomic foi o campeão em 2015, sucedendo Ivo Karlovic), chega ao fim devido aos problemas de altitude que coloca aos jogadores e à disposição clara de Manuel Mate, o dono do torneio, de o colocar há venda: “É um negócio como outro qualquer, claro que estaria disposto a vendê-lo se surgir uma proposta interessante”, afirmara no início do ano.

Assim, a partir de 2016 serão dois os torneios masculinos a realizarem-se em solo mexicano (no início do ano disputa-se o ATP 500 de Acapulco), que organiza ainda dois WTA International (Acapulco, ao mesmo tempo que o ATP 500, e Monterrey, em março), e ainda um torneio do ATP Champions Tour no mês de outubro.

About Author

[email protected] | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tiebreak. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. Mais, sempre mais. Foi com o objectivo de fazer chegar este capítulo do desporto a mais adeptos que fundei o Ténis Portugal em 2010. Cinco anos depois, fui convidado a ser co-responsável pela redação dos conteúdos do website, newsletter e redes sociais do Millennium Estoril Open.

Leave A Reply

Licença Creative Commons
O conteúdo produzido pelo Ténis Portugal não pode ser modificado sem autorização por parte do responsável do projeto; para efeitos de divulgação, reprodução e utilização não comercial, requer-se a referência ao Ténis Portugal. Licença Creative Commons Attribution - Non Commercial - No Derivatives - 4.0 International.