Treat Huey e Scott Lipsky conquistam título no Estoril

0

ESTORIL – A final de pares da primeira edição do Millennium Estoril Open colocou frente-a-frente os dois pares favoritos ao título: de um lado Marc López e David Marrero e do outro a dupla formada por Treat Huey e Scott Lipsky. E foi o par segundo cabeça-de-série que acabou por contrariar o favoritismo teórico do duo espanhol, campeões do Portugal Open em 2010, conquistando assim o primeiro troféu enquanto dupla.

A disputarem o nono torneio do ano de forma conjunta, Huey e Lipsky arrasaram López e Marrero, com parciais de 6-1 e 6-4, em apenas 47 minutos. Finalistas do ATP 250 de Houston em meados de abril, o filipino e o norte-americano não cederam qualquer set durante a prova portuguesa.

Em termos individuais, o título no Estoril é o quarto da carreira para Treat Huey, o primeiro em terra batida. Quanto a Lipsky, é caso para dizer que o veterano de 33 anos continua a dar-se bem com os ares portugueses. Recorde-se que o norte-americano já havia sido campeão no Jamor nos anos de 2013 e 2014, com o mexicano Santiago Gonzalez, e 2009, ao lado de Eric Butorac. É o 13º troféu para a sua conta pessoal.

Marc López e David Marrero, por seu turno, disputaram no Clube de Ténis do Estoril o primeiro torneio da temporada. Eles que, com excepção de um encontro disputado em setembro último, na Taça Davis, não jogavam juntos desde o Open da Austrália desde 2012.

A final de singulares, que será discutida entre Nick Kyrgios e Richard Gasquet, tem início marcado para as 15h30. As previsões meteorológicas não são animadoras.

Leia também:

About Author

Online desde 2010, o Ténis Portugal assume-se como uma publicação independente que ocupa uma posição de referência no panorama nacional tenístico.