Adidas Y-3 chega a Roland Garros

0

Depois da britânica Stella McCartney, que se juntou à Adidas em 2005 e chegou ao ténis uns anos depois com a linha Adidas Barricade by Stella McCartney Collection — que tem como musa desde 2009 a dinamarquesa Caroline Wozniacki — também a colaboração da marca germânica com o estilista japonês Yohji Yamamoto vai entrar em court a partir da edição de 2015 de Roland Garros.

A linha Adidas Y-3 apresentou os seus primeiros modelos em 2001 e o nome não foi deixado ao acaso: Y representa o nome do estilista, Yohji, o número 3 é o número de riscas que caracterizam o símbolo da marca Adidas e que estão bem presentes nesta linha e, por fim, o “–” [traço] simbolizaa ligação entre ambos.

A sérvia Ana Ivanovic, campeã de Roland Garros em 2008, terá o privilégio de ser uma das primeiras tenistas a desfilar com os modelos avant-garde do designer japonês em Paris, peças da nova Adidas Roland Garros Collection by Y-3. Em declarações à revista Vogue, que assegurou a sessão fotográfica oficial da nova linha em Melbourne, a sérvia confessou ser “um pouco futurista. Combina o design com padrões florais, parece algo novo – é moda funcional.”

Tal como muitas tenistas do circuito feminino já afirmaram, também Ivanovic considera que a forma como se apresenta em campo é sempre importante: “Preciso de saber que a minha indumentária está perfeita para que não pense em mais nada além do meu jogo”, revelando ainda um outro fator… “Ok, eu normalmente tenho sempre uma canção na cabeça, por isso só penso nisso – no jogo e na canção.”

Ivanovic irá apresentar-se em Paris para o segundo Grand Slam da temporada com um simples vestido preto com manga curta, sendo que no visor e no calçado está incluído o padrão floral que é realçado no fundo negro. Mas falta um pormenor: as três riscas que Yohji Yamamoto nunca deixa de fora e aqui sim, entra a inovação. A sérvia irá jogar com meias até ao joelho onde se podem ver as três riscas brancas características da Adidas, uma inovação arrojada, diferente de tudo aquilo a que estamos habituados no circuito feminino.

“Primeiro estranha-se, depois entranha-se”, diz o ditado popular que neste caso se pode aplicar às meias de Ivanovic, que podem não ser populares para uma grande parte da crítica mas que ganham ao primar pela diferença e, resta esperar para ver, podem até resultar em court.

Na vertente masculina, Jo-Wilfried Tsonga irá jogar num conjunto branco com grandes riscas verticais em preto, onde de forma subtil é enquadrado o padrão floral.

Clique nas imagens para aumentar:

Leia também:

About Author