Frederico Marques reage a nova final

0
12 de julho de 2014 fica para a história como o dia em que João Sousa garantiu o apuramento para a segunda final de singulares da sua carreira e, como tal, o Ténis Portugal não poderia deixar de estar em contacto com Frederico Marques – o técnico do vimaranense, que tem colaborado com a nossa equipa através do seu ‘diário‘.
Pouco depois de ver o seu pupilo protagonizar uma épica reviravolta frente a Carlos Berlocq (campeão do Portugal Open), o técnico português teceu largos elogios ao argentino e revelou-se muito satisfeito: “Hoje o João teve pela frente um grande jogador, a meu ver um top20 na superfície de terra batida. Fico muito satisfeito não só pelo resultado e o acesso à final mas sim por ver o João a jogar a este nível em terra batida. Esta um jogador muito mais completo e isso só pode trazer alegrias no futuro.”
Num encontro em que se disputaram muitos pontos de break e no qual Berlocq começou na frente, Marques não deixou de depositar confiança no seu pupilo: “É óbvio que vi o encontro com algum nervosismo mas confio imenso no João e no que pode realizar em campo, tal como acreditei quando teve dois meses sem ganhar um encontro.”
As próximas horas passam por “aproveitar para descansar e recuperar o melhor possível, porque o torneio ainda não acabou”. Afinal, “amanha há mais.”

Leia também:

About Author

Gaspar Ribeiro Lança

[email protected] | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tiebreak. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. Mais, sempre mais. Foi com o objectivo de fazer chegar este capítulo do desporto a mais adeptos que fundei o Ténis Portugal em 2010. Cinco anos depois, fui convidado a ser co-responsável pela redação dos conteúdos do website, newsletter e redes sociais do Millennium Estoril Open.