Andy Murray está na final do US Open

0
O campeão olímpico de 2012, número 4 mundial Andy Murray é o primeiro finalista da edição de 2012 do Grand Slam nova-iorquino no .Billie Jean King National Tennis Center, em Flushing Meadows, o último da temporada.
Num encontro que sem dúvida foi marcado pelas muitas rajadas de vento o escocês terceiro cabeça de série em Flushing Meadows derrotou o checo Thomas Berdych, 7ª classificado da hierarquia mundial apurando-se assim para a sua segunda final no US Open, depois de ter sido vice-campeão do torneio na temporada de 2008.
Num encontro complicado em que os jogadores foram forçados a adaptar-se às adversas condições de jogo foi o escocês a impôr-se por 5-7 6-2 6-1 7-6(7) numa longa batalha que durou mais de quatro horas.
Murray terá pela frente na final o vencedor da outra meia-final, entre o sérvio Novak Djokovic e o espanhol David Ferrer que foi adiada para este domingo também devido a estas condições metereológicas, o escocês derrotou recentemente o sérvio número dois mundial nos Jogos Olímpicos e o espanhol em Wimbledon.
De realçar também que com esta presença na final o escocês ultrapassou o espanhol Rafael Nadal no ranking mundial, que não joga desde Wimbledon devido a uma lesão no joelho ocupando assim a terceira posição da hierarquia mundial na próxima semana.
Com as condições adversas que se abateram sobre Nova Iorque não se previa que os jogadores pudessem proporcionar o melhor espétaculo aos espetadores que assistiam à primeira meia-final no court central do complexo, o Arthur Ashe Stadium.
O escocês entrou mais inseguro no encontro, tentando encontrar o seu melhor ténis e o checo entrou melhor numa primeira partida muito irregular, onde ambos os jogadores se debateram com o vento. Berdych conseguiu alinhar dois jogos consecutivos quando se verificava uma igualdade a 5-5 conquistando o primeiro parcial.
No segundo parcial Murray melhorou substancialmente o seu nível de jogo, mostrando algum do ténis que o levou ao título olímpico e mostrando uma grande versatilidade para vencer facilmente as duas partidas seguintes por 6-2 e 6-1. Na quarta partida Berdych recuperou de 0-3 para um tiebreak onde esteve a vencer por 5-2 mas Murray recuperou vencendo-o por 9-7 selando o triunfo ao segundo match point.

Leia também:

About Author

Online desde 2010, o Ténis Portugal assume-se como uma publicação independente que ocupa uma posição de referência no panorama nacional tenístico.