Ana, um sucesso temporário?

0
Ana Ivanović nasceu em Belgrado no dia 6 de Novembro de 1987. Filha de uma advogada e de um microempresário, tem um irmão mais novo, Miloš.
Hobbies: Compras, cinema, jogão Sudoku e gamão.
Muitos jogadores seguem passos de familiares e iniciam então a sua caminhada rumo ao estrelato, mas Ana não tinha nenhum practicante da modalidade na sua família, pelo que se inspirou em Monica Seles e é hoje em dia uma grande admiradora do jogo de Roger Federer.
A tenista sérvia aproveita muito a sua direita, bastante profunda diga-se de passagem, e é com esta pancada que procura criar ‘moça’ na adversária. Mas, ao contrário do que se possa pensar visto que é uma jogadora do fundo do court, os seus volleys são de grande qualidade. Já o serviço, é muito irregular e de vez em quando consegue um às no segundo serviço.
Já vestiu Nike e já utilizou raquetes Wilson, no início de 2006 trocou a marca americana pela alemã Adidas, e em 2008 começou a usar raquetes Yonex.

Um pequeno resumo da sua carreira: Aos 5 anos Ivanovic iniciou-se no mundo do ténis, graças a um anúncio, de onde retirou um número de telefone de uma escola de ténis. No ano de 1999 tudo se complicou para Ana, visto que os ataques da OTAN faziam com que a jovem jogadora apenas pudesse treinar de manha. Aos 15 anos de idade, após a sua primeira derrota com o novo empresário, Ana Ivanovic ficou durante quatro horas a chorar no balneário, com medo que Dan Holzmann desistisse da sua carreira. Hoje em dia, ainda Dan Holzmann trabalha com Ana.

Em 2007 chegou à final de Roland Garros, onde foi derrotada pela belga Justine Henin, por esclarecedores 6/1 e 6/2 mas no seguinte venceria Dinara Safina, da Rússia, na final por 6/4 e 6/3, conquistando o seu primeiro (e único até à data) título do Grand Slam. No mesmo ano, mas em Janeiro, alcançou também a final do Australian Open, perdendo para Maria Sharapova por 7/5 e 6/3.
Conta ainda com sete títulos WTA e também três finais perdidas, tudo isto entre 2005 e 2008, o que coloca a grande questão: Ana Ivanovic foi uma jogadora de sucesso temporário, ou voltará a brilhar no ténis mundial?

About Author

[email protected] | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tiebreak. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. Mais, sempre mais. Foi com o objectivo de fazer chegar este capítulo do desporto a mais adeptos que fundei o Ténis Portugal em 2010. Cinco anos depois, fui convidado a ser co-responsável pela redação dos conteúdos do website, newsletter e redes sociais do Millennium Estoril Open.

Leave A Reply

Licença Creative Commons
O conteúdo produzido pelo Ténis Portugal não pode ser modificado sem autorização por parte do responsável do projeto; para efeitos de divulgação, reprodução e utilização não comercial, requer-se a referência ao Ténis Portugal. Licença Creative Commons Attribution - Non Commercial - No Derivatives - 4.0 International.