Wimbledon está mesmo aí!

0

O terceiro Grand Slam da época está a começar. Perdoem-me pela omissão dos quatro dias de quallifying que já se disputaram. A relva brilhará, com toda a certeza, naquele que é o mais importante torneio de ténis de todo o mundo! Milhares e milhares de bilhetes já vendidos, certamente mais de meio milhão, e milhares – milhões, até! – de pessoas que amanhã, às 13horas, se deslocaram para perto de uma TV. E para quê? Para assistir àquele que vai ser o primeiro encontro da edição deste ano. Roger Federer, vencedor da edição transacta, e ainda de 2003, 2004, 2005, 2006, 2007, entrará em campo com o objectivo de derrotar o colombiano Alexandre Falla.
Seguir-se-à então o jogo entre a tenista da casa, a jovem Laura Robson e a sérvia Jelena Jankovic, 4ª cabeça de série. Novak Djokovic, também ele da sérvia mas terceiro cabeça de série, fechará o court central frente a Olivier Rochus, da Bélgica. Andy Roddick, finalista do ano passado, Kim Clijsters e Francesca Schiavone são outros dos nomes que entraram em palco amanhã. Para uma análise mais completa à ordem de jogos, carregue aqui. A expectativas são muitas, e são muitos os ausentes. Juan Martin Del Potro, vencedor da edição de 2009 do U.S.Open (que aliás já anunciou que não irá defender o título devido a uma grave lesão) é, talvez, a maior. Apesar desta grande perda, o torneio está “mais rico”, em relação à edição passada. A grande figura de regresso é sem dúvida Rafael Nadal, que vem defender o seu título de à dois anos, mas no sector feminino as belgas Kim Clijsters e Justine Henin serão uma das grandes atracções. No decorrer da tarde poderá seguir alguma da acção aqui.

About Author

[email protected] | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tiebreak. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. Mais, sempre mais. Foi com o objectivo de fazer chegar este capítulo do desporto a mais adeptos que fundei o Ténis Portugal em 2010. Cinco anos depois, fui convidado a ser co-responsável pela redação dos conteúdos do website, newsletter e redes sociais do Millennium Estoril Open.

Leave A Reply

Licença Creative Commons
O conteúdo produzido pelo Ténis Portugal não pode ser modificado sem autorização por parte do responsável do projeto; para efeitos de divulgação, reprodução e utilização não comercial, requer-se a referência ao Ténis Portugal. Licença Creative Commons Attribution - Non Commercial - No Derivatives - 4.0 International.